Mundo Vertigo Flex Mentallo: Edição de Luxo

Flex Mentallo foi originalmente publicado em uma minissérie em quatro partes e… foi pra geladeira. Uma pendência jurídica tirou a edição do alcance dos leitores e o tempo passou. E passou mais um pouco. Então, depois de anos – com tudo resolvido – a DC/Vertigo relançou a míni em um encadernado, e é essa obra que você terá em livrarias no próximo mês.
Flex é uma obra única, como tantas outras de Grant Morrison. É um trabalho que pode ser lido “pelo valor de face” ou por tudo aquilo que esconde em suas entranhas. E é graças a obras assim que a Vertigo é o que é: uma editora que não apenas lança quadrinhos, mas sim lança obras que discutem o próprio meio das HQs, o questionam, o exploram e o extrapolam em suas páginas enquanto o reviram do avesso. E Grant Morrison é o cara certo pra fazer isso. Mas ser uma obra ímpar não é o único, ou até mesmo o maior, mérito de Flex Mentallo. Além da história em si, Flex também é a minissérie que reuniu pela primeira vez a dupla Grant Morrison e Frank Quitely – que já nos presenteou com obras como Os Invisíveis, Os Novos X-Men, WE3 – Instinto de Sobrevivência, Grandes Astros Superman, entre outras, o que lhe dá um valor histórico inquestionável.
A edição foi traduzida por Érico Assis, fã confesso de Grant Morrison e tradutor da obra Superdeuses, também do escocês, no Brasil. Aliás, segundo o próprio Érico, o livro e Flex Mentallo se complementam. A edição tem 128 páginas, formato Panini, capa dura, e tem o preço sugerido de R$ 45. A história é fechada.


Veja mais...