Terceiro anual do Homem-Morcego chega em abril

Por Bernardo Santana

CoringaComo prometemos na sexta-feira passada, esta semana anunciaremos aqui no blog várias novidades da Panini que chegam às bancas e/ou livrarias durante o mês de abril. Bom, sem mais delongas, vamos à primeira delas, leitores: Batman Anual 3!

Trazendo o arco Amantes & Loucos completo (publicado originalmente lá fora em Batman Confidential 7 a 12), a edição traz a versão do roteirista Michael Green — um dos artífices da série de TV Heroes — para a origem de um dos personagens mais adorados do batverso (senão de todo o mundo dos quadrinhos), o Coringa.

Batman Anual 3 (formato americano, 148 páginas, capa couché, papel Pisa brite) ainda tem como atração a arte perturbada do consagrado desenhista Denys Cowan, mais conhecido por sua histórica passagem pelo título do Questão, ao lado de Dennis O’Neil, no final dos anos 80.

E, amanhã… mais lançamentos!


Uma nova Liga da Justiça em abril!

Por Bernardo Santana

CapaFrequentemente, muitos leitores nos escrevem questionando sobre a falta de espaço nos mixes devido ao sempre elevado número de revistas lançado pela DC lá fora. Pois bem, pensando em solucionar (pelo menos em parte) essa questão, anunciamos hoje que a revista Liga da Justiça terá, a partir de abril, uma nova estrutura, idêntica às atuais de Universo DC e A Sombra do Batman: ou seja, terá 148 páginas!

Com isso, além das histórias da própria Liga, o título vai ser reforçado por nada mais nada menos que: o novo título do Flash (por Geoff Johns e Francis Manapul), a violenta minissérie A Ascensão de Arsenal (por JT Krul e Geraldo Borges) e… LJA: Geração Perdida (por Keith Giffen, Judd Winnick e vários artistas), maxissérie que corre em paralelo com O Dia Mais Claro, e modifica profundamente o UDC.

E segunda tem mais novidades!


Kevin Costner em Superman: Man of Steel?

Por Bernardo Santana

kevin costnerPois é o que anda dizendo por aí! Apesar de estar meio em baixa hoje em dia no mundo dos blockbusters, aparentemente o ator/cineasta estadunidense Kevin Costner pode ter sido convocado para participar do próximo filme do Superman, a ser dirigido por Zack Snyder (Watchmen, 300) e lançado em algum dia distante de dezembro do ano que vem.

Superman: Man of Steel já tem seu protagonista definido (Henry Cavill, de Stardust e The Tudors), o que elimina qualquer ideia maluca que algum figurão possa ter. No entanto, foi dito que Costner teria um papel-chave no próximo longa do Azulão, nos deixando aí com a saudável pergunta pra você, leitor: quem você acha que ele irá interpretar, caso seja mesmo confirmado como parte do elenco?

As filmagens devem começar no dia 22 de agosto próximo e, até lá, já deveremos ter a confirmação se o premiado diretor de Dança Com Lobos vai mesmo ou não participar.

Eu, por enquanto, voto nele como Jonathan Kent…

[O resto da redação tá apostando no Sr. Mxyzptlk!]


O passado de Gotham revelado em nova minissérie

Por Bernardo Santana

Gates of GothamAviso ao pessoal que faz questão de não saber absolutamente nada de suas histórias antes de efetivamente lê-las: se você é um desses leitores e acompanha as histórias atuais do Batman publicadas no Brasil, pare por aqui!

Só os batfãs que não se aguentam de curiosidade presentes? Então vamos lá: a DC anunciou hoje no seu blog uma minissérie em 6 partes escrita pelo astro em ascensão Scott Snyder (Vampiro Americano) e pelo roteirista/cineasta Kyle Higgins, que promete ligar a situação atual do batverso (lá fora, claro) com o que vem por aí no futuro.

Desenhada por Trevor McCarthy (Asa Noturna), Batman: Gates of Gotham irá mostrar o Cavaleiro das Trevas ao lado de vários de seus mais famosos aliados tentando resolver um mistério que remete à história da formação de Gotham, seguindo a trajetória de famílias importantes da cidade ontem e hoje (e amanhã), como os Elliott, os Kane e, claro, os Wayne. Gates vai ter como partida os eventos recentes acontecidos nas revistas do universo do Morcego e, segundo a DC, lançar as sementes de muitas histórias que vêm por aí.

Batman: Gates of Gotham 1 está prevista pra sair lá fora no dia 25 de maio próximo. Aqui, ainda teremos que aguardar um pouco pra lê-la.


Filme do Lanterna terá prequels nos quadrinhos

Por Bernardo Santana

O blog oficial da DC, The Source, publicou hoje que o aguardado filme do Lanterna Verde, previsto pra estrear aqui no Brasil em 17 de junho deste ano, ganhará cinco edições com prequels (histórias que se passam antes dos acontecimentos do filme), todas escritas por roteiristas ligados ao personagem.

Lanterna Verde

Geoff Johns e Michael Goldenberg (este último, roteirista da versão final do filme) se juntam ao desenhista Fernando Dagnino em Green Lantern Prequel Special: Sinestro. Johns, ao lado de Greg Berlanti e Donald De Line — escritor da primeira versão do roteiro e produtor do longa, respectivamente — está também em Green Lantern Prequel Special: Hal Jordan, desenhada pela lenda Jerry Ordway. GL Prequel Special: Kilowog fica por conta de Peter Tomasi, Adam Schlagman e Joe Bennett, e, completando a série de especiais, ainda sairão os especiais de Tomar-Re (Marc Guggenheim + Cliff Richards) e Abin Sur (Michael Green + Karl Kerschl).

A DC também aproveitará para usar os prequels para fortalecer sua recente loja de quadrinhos digitais, lançando as versões impressas e para computador no mesmo dia.

Assim que tivermos mais informações sobre isso, informamos!


A vingança chega este semestre

Por Bernardo Santana

CapaAcho que todo mundo já sabe: dia 17 de junho, estreia aqui no Brasil o esperado filme do Lanterna Verde, com Ryan Reynolds no papel principal. Pois bem, claro que a gente não iria deixar barato e, ainda este semestre, chega as livrarias o encadernado Lanterna Verde: A Vingança dos Lanternas Verdes (Formato americano, 324 páginas, papel LWC, capa dura), dando sequência ao selo DC Deluxe.

A edição vem na sequência de Lanterna Verde: Sem Medo, lançada ano passado, que mostrava o início dos (elogiadíssimos e longevos) trabalhos de Geoff Johns com o personagem.

Além das edições originais Green Lantern 7-13, que aprofundam as consequências nada felizes da fase vilanesca de Hal Jordan, A Vingança também conta com Green Lantern Corps 1-6, com o início do título próprio da Tropa dos Lanternas Verdes, escrito por Dave Gibbons. A arte das histórias ficam por conta de nomes consagrados nos últimos anos: Carlos Pacheco, Ivan Reis, Ethan Van Sciver, Patrick Gleason e o próprio Gibbons.

Leitura bastante adequada pra ir esperando a estreia do filme.


Em março, raia um Dia Mais Claro

Por Bernardo Santana

Claro mesmo...Sim, é verdade… mas por essa você já esperava, não? Em março, começa a chegar às bancas de todo o país a maxissérie em treze edições O Dia Mais Claro, que sucede a megabem-sucedida A Noite Mais Densa como o centro nervoso do Universo DC inteiro!

No mês que vem, o dcnauta aflito já poderá ter em mãos a edição O Dia Mais Claro 0 (Formato americano, 52 páginas, distribuição nacional), espécie de prólogo para a história mais importante do ano, que mostrará o desenrolar do intrigante e misterioso fato acontecido na conclusão de Noite (e do qual não falaremos mais pra não estragar a leitura de ninguém).

Além de ser a espinha dorsal do que vai acontecer em 2011 no UDC, O Dia Mais Claro tem ainda mais um atrativo interessante pros leitores brasileiros: a presença frequente dos desenhistas brazucas Ivan Reis e Joe Prado na arte das histórias. Já os roteiros ficam por conta do maestro Geoff Johns e de Peter Tomasi.

Mais novidades, em breve por aqui!


Novidades DC para todos os gostos

Por Bernardo Santana

São dias felizes para quem é DCnauta (contrariando você, que podia estar achando este blog muito marvelento este ano…). Veja só abaixo todas as novas que a editora soltou neste começo de ano.

Superman alça voa de novo: depois da fase “pedestre” do Azulão (chega ainda este ano por aqui), começada por JM Straczynski, aparentemente nosso Homem de Aço preferido vai voltar a voar. E não sozinho desta vez. Dê uma boa olhada na imagem teaser divulgada no blog da editora:

sm3

Supermen de Terras alternativas, certo… mas o que isso quer dizer?

Um novo site para Jordan: o filme do Lanterna Verde — com estreia prevista pra 28 de julho deste ano — acaba de ganhar um novo site, cheio de recursos interativos. Não deixe de dar uma checada quando terminar o post. Está bem bacana.

av1Revista nervosa: a mais agressiva tropa de lanternas do espectro emocional vai ganhar seu próprio título em algum momento deste ano, escrito por Peter Milligan (Hellblazer), e desenhado por um artista ainda não revelado. A revista terá seu foco no líder da tropa vermelha, o alien Atrócitus, mas também deve mostrar alguns personagens populares dos servidores da Ira, como o gatinho sangue-nos-olhos Dex-Starr.

Vampiros em expansão: o sucesso de Vampiro Americano — publicada também aqui no Brasil, na revista Vertigo — acaba de ter anunciado seu primeiro fruto: uma minissérie spin-off em cinco edições, baseada na trajetória dos sanguessugas estadunidenses durante a Segunda Grande Guerra. Sean Murphy (Joe The Barbarian) será o desenhista e Scott Snyder, pai da série, o roteirista.


Lois Lane na boca do povo

Por Bernardo Santana

Lois Lane, pô...Começou como um simples post no twitter no início da semana passada, escrito por uma fã londrina da eterna repórter do Planeta Diário “exigindo” uma série própria pra Lois Lane. E não é que, ao longo dos dias, os próprios profissionais da indústria foram abraçando a ideia mais e mais?!

Gente como Gail Simone (Mulher-Maravilha), Greg Rucka (Batwoman) e Sterling Gates (Supergirl), Phil Jimenez (arte em Crise Infinita) e Jamal Igle (arte em Supergirl), aliás, até mesmo já se convocaram para o pretenso futuro título, caso ele venha mesmo a acontecer um dia.

Sobre a hashtag que correu o twitter (#LoisLaneSeries, pra quem quiser se juntar à campanha), a conta oficial da DC Comics na rede social até que deu motivos para alguma esperança: “Gratos pelo apoio de vocês a uma eventual #LoisLaneSeries – faremos que o pessoal do editorial da DC saiba dessa vontade de vocês.”

Lois já até teve um título próprio, que durou cerca de respeitáveis 16 anos nas prateleiras. Vamos ver se após essa notável movimentação de fãs e criadores, ela não é premiada mais uma vez!