Juventude mutante

Cheios de poderes... e muitas dúvidas!

Cheios de poderes… e muitas dúvidas!

Já está nas livrarias um superlançamento que tem tudo para agradar todos os leitores que gostam dos títulos mutantes da Panini (principalmente os fãs das histórias mais clássicas envolvendo esses personagens!). Os Novos Mutantes: Entre a Luz e a Escuridão, capa dura, miolo couché, 260 páginas, R$ 84,00, reúne as edições 18 a 25 da revista New Mutants e também New Mutants Annual 1, pelos consagrados Chris Claremont (roteiros) e Bill Sienkiewicz e Bob McLeod (arte).

Originalmente lançadas em meados dos anos 1980, as histórias trazidas pelo livro fazem parte de um período em que os X-Men eram um sucesso estrondoso, e representam os passos iniciais da Marvel para introduzir uma nova geração de Homo superior ao seu universo de heróis.

O grande barato dos Novos Mutantes, à época, era a baixa idade de seus integrantes, a descoberta dos poderes na adolescência, a dificuldade de enfrentar os problemas e mudanças que vinham no seu rastro e, claro, a falta de certeza em quase tudo o que faziam!

Além de ser um dos primeiros derivados de X-Men, a jovial turma mutante tem em suas fileiras personagens de várias nacionalidades: Míssil, o jovem Sam Guthrie do interior do Kentucky; Mancha Solar, o brasileiro Roberto da Costa; Lupina, Rahne Sinclair da Escócia; a cheyenne Danni Moonstar; Magma, Amara Aquila, de Nova Roma e Magia, alter ego de Illyana Rasputin, irmã de Colossus. Mas o fato de serem jovens não significa que o perigo para eles é menor, já que neste mesmo volume já precisam enfrentar ameaças demoníacas, alienígenas e até mesmo o famigerado Clube do Inferno! 

Imperdível, pra dizer o mínimo!

 


O homem que sabia demais

Na mira de Norman Osborn!

Na mira de Norman Osborn!

Bem antes de a fase escrita atualmente por Brian Michael Bendis na revista mensal Homem de Ferro começar a ser concebida, muitos outros roteiristas contribuíram para a psique de Tony Stark e sua transformação num dos personagens mais importantes da Marvel nos últimos tempos. E é justamente um de seus momentos mais célebres, escrito por Matt Fraction (lembrado por Gavião Arqueiro, Casanova e a saga A Essência do Medo), que o livro Marvel Deluxe – Homem de Ferro: O Mais Procurado do Mundo resgata no mês de julho!

Encerrada a guerra civil dos super-heróis, o bilionário industrial Tony Stark — o Homem de Ferro — é nomeado diretor da SHIELD e chefe da segurança nacional dos Estados Unidos. Incomodado com o sucesso do arqui-inimigo de seu pai, Ezequiel Stane dedica todos os seus esforços à destruição de Stark e seu legado, fazendo-o vivenciar alguns de seus piores pesadelos. E isso é apenas o início. Responsabilizado pela Invasão Secreta dos skrulls à Terra, Stark pode apenas assistir impotente enquanto tudo que lhe pertence é entregue de bandeja a Norman Osborn — o comando da SHIELD, a tecnologia do Homem de Ferro e a liderança dos Vingadores! Mas nem mesmo isso é suficiente para satisfazer o cobiçoso Osborn, que fica obcecado em arrancar da mente de Tony as informações mais valiosas que lá estão: a identidade secreta de todos que se registraram no governo desde que a Lei de Registro de Super-humanos entrou em vigor. Determinado a impedir que o segredo de seus colegas caia nas mãos do insano vilão, Stark torna-se um foragido da justiça e precisa usar toda sua coragem e engenhosidade para escapar de Osborn e seus asseclas, num eletrizante jogo de gato e rato!

Reunindo as revistas Invincible Iron Man 1-19, as 492 páginas deste superlançamento com arte do espanhol Salvador Larroca (Star Wars: Darth Vader), capa dura e miolo couché aterrissam nas livrarias no próximo mês ao preço de R$ 125!


Mundos paralelos

O Excalibur enfrenta uma versão de si mesmo!

O Excalibur enfrenta uma versão de si mesmo!

Se você gosta dos super-heróis mutantes da Casa das Ideias numa formatação mais tradicional, de preferência envolvendo os veteranos Chris Claremont, Alan Davis, Marshall Rogers, Paul Neary e Glynis Oliver, então este lançamento cairá como uma luva: Excalibur: A Espada de Dois Gumes, capa cartão, papel LWC, 204 páginas, R$ 26,90, dá prosseguimento às histórias da superequipe britânica integrada pelo Capitão Britânia, Lince Negra, Meggan, Noturno e Fênix!

O novo livro lançado pela Panini reúne histórias que originalmente foram publicadas nas revistas Excalibur 6 a 11, além do especial Mojo Mayhem, ilustrado por Arthur Adams e estrelado pelos X-Babies.

A trama de A Espada de Dois Gumes se desenrola durante um momento bem conturbado para os Homo superior, mais precisamente ao longo da saga conhecida como Inferno e quando todo o mundo acreditava que os X-Men haviam morrido.

Além de terem de enfrentar os problemas gerados por uma invasão demoníaca na Terra e as diferentes personalidades de seus membros, o Excalibur têm um outro desafio a superar: primeiramente confrontar uma versão nazista de si mesmos vinda de outra dimensão e, de quebra, encarar os X-Men mirins que habitam o mundo de Mojo! Fica difícil dizer o que será mais complicado.

 

 


O plano perfeito

Mudando o campo de atuação

Mudando o campo de atuação

Existem heróis demais em circulação nos Estados Unidos para um vilão ser feliz. A melhor coisa que se pode fazer nesse caso é mudar a área de atuação para um país da Europa, onde a resistência à criminalidade é menor. Espanha, talvez? Isso, Espanha. Vamos nessa!

É assim que começa Supercrooks: O Assalto, o lançamento mais recente da Panini assinado por Mark Millar (Os Supremos, Guerra Civil, Kingsman: Serviço Secreto, Kick-Ass) e desenhado por Leinil Francis Yu, que também esteve ao lado do roteirista em Superior e que ilustrou a saga Invasão Secreta, dentre tantas outras HQs da Marvel.

Johnny Faísca e seus amigos superpoderosos só queriam encontrar uma maneira de ficarem ricos roubando, mas os habituais confrontos com outros superseres e a lei em território estadunidense provaram que dificilmente isso será possível! A oportunidade de mudar de vida surge bem longe dali, onde conseguirão executar seu mais pretensioso assalto. Será mesmo?

Misturando um pouco de Onze Homens e Um Segredo com as aventuras dos X-Men, Supercrooks: O Assalto já está nas livrarias ao preço de R$ 56,00.


“A aventura vai começar…”

Jujuba e Marceline em todo seu esplendor e glória!

Jujuba e Marceline em todo seu esplendor e glória!

E como a Panini não vive apenas de super-heróis, eis que aparecemos aqui com mais uma novidade fresquinha que dará o ar da graça na Comic Con Experience. Marceline & As Rainhas do Grito, é um livro baseado nos personagens da animação Hora de Aventura, que costuma deixar a programação do canal Cartoon Network um pouco mais maluca do que já é normalmente.

Os personagens principais do livro não poderiam ser outros senão as amigas/rivais princesa Jujuba e a vampira Marceline, que no desenho da tevê costumam participar das peripécias criadas por Finn e Jake. Graças a um recém-descoberto interesse em rock, Jujuba se oferece para ser a empresária da banda de rock paranormal de Marceline, em uma turnê por toda a terra de Ooo! Mas quando o grupo é ameaçado por tudo, desde embalões metidos até monstros gerados por dúvidas internas, conseguirão seus integrantes permanecer unidos e manter a amizade em todo o processo?!

Escrito e ilustrado pela premiada cartunista Meredith Gran (Octopus Pie) e apresentando histórias curtas criadas por diversos artistas independentes, incluindo Jen Wang (Koko Be Good) e Faith Erin Hicks (Friends with Boys), a publicação tem 164 páginas, capa dura, formato 17 x 26 cm e miolo couché. Após a Comic Con, Marceline & As Rainhas do Grito segue para bancas e livrarias. O preço ainda não foi divulgado, mas tendo esta informação em mãos a gente tenta solucionar nos comentários. Então tá combinado!

 

 


O que vem por aí! (DC Comics)

Os primeiros dias do novo Morcego (clique para ampliar)

Os primeiros dias do novo Morcego

Sim, sim, é isso mesmo que você está pensando, camarada decenauta! Muitos encadernados vindo por aí até o final deste ano e vamos revelar mais detalhes aqui sobre alguns dos que estão apontando na proverbial reta. Antes de irmos ao que interessa, no entanto, já adiantamos que não são só estes e que ainda temos algumas cartas nas mangas antes do final de 2014. Então, segure-se firme e vamos lá:

DC Deluxe Lanterna Verde: A Guerra dos Anéis (2 de 2) – Esse era meio óbvio, né? O encadernado que encerra uma das sagas mais definidoras do Gladiador Esmeralda nos últimos anos. A batalha final contra a Tropa Sinestro e as raízes de A Noite Mais Densa estão aqui, cortesia de Geoff Johns, Ivan Reis e cia. (Formato 17 x 26 cm, 180 páginas, capa dura, miolo couché, preço a anunciar)

Batman: A Corte das Corujas – Pela primeira vez na história deste país, um encadernado reunindo o início da fase de um herói nos Novos 52! E quem melhor para estrear esse tipo de publicação do que nosso tão amado Homem-Morcego? As sete primeiras edições criadas por Scott Snyder e Greg Capullo reunidas em um só histórico e imperdível volume! (Formato 17 x 26 cm, 180 páginas, capa dura, miolo couché, preço a anunciar)

Batman: Noel – Continuando na seara do Cavaleiro das Trevas, chega em dezembro a aguardada graphic novel desenhada e escrita pelo espetacular Lee Bermejo (de Coringa e Lex Luthor: Homem de Aço). Nesse conto de Natal distorcido, Bermejo nos mostra uma versão nada convencional – e até bem perturbadora – do Batman tendo que lidar com seus fantasmas pessoais. (Formato 18,5 x 27,5 cm, 116 páginas, capa dura, miolo couché, preço a anunciar)

Shazam & A Sociedade dos Monstros – O quadrinista Jeff Smith – o gênio criativo responsável por Bone – faz uma releitura de um dos mais amados e, por vezes, subestimado personagem da DC Comics: o Shazam! Com uma abordagem ao mesmo tempo leve e repleta de ação, Smith se inspira nas raízes dos comics estadunidenses para presentear o leitor com um épico. (Formato 17 x 26 cm, 212 páginas, capa dura, miolo couché, preço a anunciar)

Batman ’66 – E, para encerrar (por enquanto), voltamos ao Cruzado Encapuzado, agora estrelando uma das revistas mais interessantes da DC Comics dos últimos tempos! O roteirista Jeff Parker e o desenhista Jonathan Case se unem para trazer finalmente aos quadrinhos o universo de histórias da impagável série de tevê do Morcego da década de 1960, estrelada por Adam West e Burt Ward. (Formato 17 x 26 cm, 132 páginas, capa dura, miolo couché, preço a anunciar)


Reimpressões Marvel e DC!

Capa de Marvel Deluxe Guerra Civil

Capa de Marvel Deluxe Guerra Civil (clique para ampliar)

Para atender alguns pedidos que vinham sendo feitos pelos nossos leitores (inclusive aqui mesmo, no Wizmania) a Panini anuncia uma leva de reimpressões que vai agradar bastante!

E, para não parecer que a “sardinha está sendo puxada” só para um lado, estamos falando de livros tanto da DC quanto da Marvel. A previsão de chegada dos volumes ao público é outubro, então, fique de olho nos seguintes relançamentos, que dispensam apresentações:

Pela Marvel teremos o relançamento de: Guerra Civil, Os Novos Vingadores: Guerra Civil e Os Supremos Volume 1; pela DC: Batman: Ano Um, Batman: A Piada Mortal e Batman & Filho.  

Conforme mais novidades forem pintando a gente também anuncia por aqui!

 

 


O terror, segundo Frank Miller

Capa de Holy Terror - Terror Sagrado

Capa de Holy Terror – Terror Sagrado (Clique para ampliar)

Prevista para chegar às livrarias neste mês de junho, Holy Terror – Terror Sagrado, é uma obra que Frank Miller (300, Sin City, Batman: O Cavaleiro das Trevas) escreveu e desenhou fortemente influenciado pelos acontecimentos do 11 de Setembro. E agora, finalmente, o livro chega ao Brasil pela Panini. 

Há uma ameaça mortal em algum lugar de Empire City e o Censor tem apenas até o amanhecer para salvar sua cidade… e a civilização como a conhecemos. Esta é a brutal e desesperada jornada de um herói forçado a acabar com um exército de fanáticos assassinos a fim de impedir um crime contra a humanidade. Empire City está em perigo… e um bocado de gente precisa ser eliminada.

Holy Terror – Terror Sagrado, chega às livrarias em capa dura, formato 30,5 x 23 cm, 120 páginas, papel couché, lombada quadrada, R$ 52,00.


UM FRANK MILLER APÓS O 11 DE SETEMBRO

Capa de Holy Terror - Terror Sagrado

Capa de Holy Terror – Terror Sagrado (Clique para ampliar)

Por Rodrigo Guerrino

Nos últimos tempos, trabalhos mais atuais de Frank Miller estiveram ausentes das livrarias e comic shops brasileiras. Essa pode até ser uma afirmação um tanto redundante, já que mesmo lá fora,  o autor não tem entregado muitas obras aos seus admiradores, principalmente devido ao seu envolvimento com projetos cinematográficos recentes.

Pois o jejum brasileiro termina agora. É que a Panini traz, nos próximos meses, o livro Holy Terror – Terror Sagrado, talvez a mais extremista de todas as histórias já contadas por Miller, que os leitores poderão enfim conferir.

A HQ mostra os acontecimentos após um ataque terrorista, quando dois super-heróis, se é que podemos chamá-los assim, o Censor e a Gatuna, dedicam-se à vingança pura e brutal contra aqueles que o perpetraram, valendo-se de métodos tão violentos quanto os dos “inimigos da nação”.

O livro pode ser entendido como a vingança de Frank Miller ao “terror”, sendo que foi produzida pouco tempo depois dos atentados do 11 de Setembro que abalaram os Estados Unidos.

O lançamento de Holy Terror – Terror Sagrado pela Panini está programado para os próximos meses! Em breve a gente divulga mais informações sobre a edição, fique ligado!


Livros Panini Books de novembro!

Por Bernardo Santana

Watchmen!

Watchmen! (clique para ampliar)

A partir da próxima semana, o fã doente de quadrinhos passa a ter mais três grandes razões para visitar sua livraria ou comic shop favorita: chegam (ou voltam) aos pontos de venda ainda em novembro Sandman Apresenta – Caçadores de Sonhos, Transmetropolitan vol. 2 – Tesão Pela Vida e a tão aguardada reedição revista de Watchmen.

Caçadores de Sonho (formato americano, capa dura, lombada quadrada, 148 páginas, papel couché) dá seguimento à coleção Sandman Apresenta mostrando um fabuloso conto oriental/onírico escrito por Neil Gaiman e agora levado aos quadrinhos pelo genial ilustrador P. Craig Russell (não confundir esse encadernado com a versão em prosa da mesma história, lançada em 2001 pela editora Conrad).

Transmetropolitan vol. 2 (formato americano, capa dura, lombada quadrada, 148 páginas, papel couché) traz as edições 7 a 12 da aclamada série escrita por Warren Ellis e desenhada por Darick Robertson. Mais contos do jornalista transloucado Spider Jerusalém tentando lidar com a fama e com um futuro tão bizarro quanto perigosamente mortal.

E, finalmente, mas não menos importante, a nova tiragem da edição do encadernado de luxo com o clássico absoluto Watchmen, de Alan Moore e Dave Gibbons. O ápice dos quadrinhos ocidentais para boa parte do público e crítica mais uma vez disponível para o leitor brasileiro. Pra quem perdeu a última edição, corra pra garantir a sua. A data de lançamento prevista é no próximo dia 30.