Confusões atemporais

Jogados no tempo!

Jogados no tempo!

Para quem já estava com saudades da equipe mutante mais descontraída do universo, eis que Excalibur: Uma Aventura no Tempo volume 2 chega aos pontos de venda para matar de vez a dor da espera! Como todos os leitores devem se lembrar, na última edição o Excalibur estava à deriva no tempo e espaço, à mercê dos riscos inerentes a viagens temporais! Pois é, os riscos continuam, e os passeios pelo tempo também!

Desta vez, na conclusão de suas aventuras, o grupo se depara com versões alternativas de um de seus integrantes mais explosivos, o Capitão Britânia. Conheça o Cruzado-X, o Centurião Britannus e o Chevalier Bretagne, dentre tantas outras personas de Brian Braddock! E em meio ao caos que se forma, regado a confrontos cósmicos, transformações traumáticas, trapaças e ilusões malignas, as chocantes aparições do Homem de Ferro e de Galactus!

O segundo volume de Uma Aventura no Tempo possui 196 páginas, miolo LWC e capa cartão, e reúne as histórias publicadas originalmente em Excalibur 21-28, escritas atemporalmente por Chris Claremont, Michael Higgins e Terry Austin,  e ricamente ilustradas por Chris Wozniak, Al Milgron, Brad Vancata, Alan Davis, Paul Neary, Glynis Oliver, Paty Cockrum, Ron Lim, Joe Rubinstein, Barry Windsor-Smith, Bill Sienkiewicz, Colleen Doran e Bret Blevins.

O preço é R$ 28,90!

 


Através do tempo e do espaço!

Viajando muito!

Viajando muito!

Está na hora de encarar mais uma aventura ao lado do Excalibur, a equipe britânica de mutantes que traz em suas fileiras Lince Negra, Fênix, Noturno, Meggan e, obviamente, Capitão Britânia!

No entanto, a julgar pelas histórias contidas em Excalibur: Uma Viagem No Tempo vol. 1, 212 páginas, capa cartão, papel LWC, R$ 26,90, não se trata de uma só aventura, mas de várias!

Desde o último volume, após ter tido contato com o misterioso dispositivo de teletransporte conhecido como Trequinho, as viagens do grupo se tornaram rotineiras e, neste, dá pra dizer que elas atingem o seu ápice, já que o Excalibur vai romper as barreiras do tempo e do espaço!

E enquanto você acompanha momentos que passeiam pelo heroísmo, comédia e nonsense absoluto, o grupo é apresentado a alguns personagens que mais tarde se tornariam “pedras em seus sapatos”, como a Madame Penettra e seu grupo Technet!

Excalibur: Uma Viagem No Tempo vol. 1 reúne mais uma vez os talentos de Chris Claremont (X-Men, Novos Mutantes), Alan Davis (Miracleman, Thor) e outros grandes nomes dos quadrinhos em histórias que foram publicadas originalmente nas edições 12 a 20 do título mutante.


Mundos paralelos

O Excalibur enfrenta uma versão de si mesmo!

O Excalibur enfrenta uma versão de si mesmo!

Se você gosta dos super-heróis mutantes da Casa das Ideias numa formatação mais tradicional, de preferência envolvendo os veteranos Chris Claremont, Alan Davis, Marshall Rogers, Paul Neary e Glynis Oliver, então este lançamento cairá como uma luva: Excalibur: A Espada de Dois Gumes, capa cartão, papel LWC, 204 páginas, R$ 26,90, dá prosseguimento às histórias da superequipe britânica integrada pelo Capitão Britânia, Lince Negra, Meggan, Noturno e Fênix!

O novo livro lançado pela Panini reúne histórias que originalmente foram publicadas nas revistas Excalibur 6 a 11, além do especial Mojo Mayhem, ilustrado por Arthur Adams e estrelado pelos X-Babies.

A trama de A Espada de Dois Gumes se desenrola durante um momento bem conturbado para os Homo superior, mais precisamente ao longo da saga conhecida como Inferno e quando todo o mundo acreditava que os X-Men haviam morrido.

Além de terem de enfrentar os problemas gerados por uma invasão demoníaca na Terra e as diferentes personalidades de seus membros, o Excalibur têm um outro desafio a superar: primeiramente confrontar uma versão nazista de si mesmos vinda de outra dimensão e, de quebra, encarar os X-Men mirins que habitam o mundo de Mojo! Fica difícil dizer o que será mais complicado.

 

 


O dia em que os X-Men expandiram sua franquia

Excalibur: protegendo o Reino Unido das ameaças!

Excalibur: protegendo o Reino Unido das ameaças!

Uma outra novidade que chega às bancas em julho é Excalibur, 176 páginas, papel LWC, R$ 21,90, capa cartão.  Com roteiros de Chris Claremont, desenhos de Alan Davis e arte-final de Paul Neary, o grupo Excalibur foi pioneiro ao cruzar barreiras mundiais, levando o conceito Homo superior para a Europa, mais precisamente o Reino Unido.

Tendo sido lançada originalmente no fim  dos anos 1980, a série Excalibur seguiu de perto os acontecimentos do evento A Queda dos Mutantes, quando os X-Men foram considerados mortos e Kitty Pryde e Noturno se uniram ao Capitão Britânia e a metamorfa Meggan para continuar suas proezas e o sonho do professor Charles Xavier vivo além das fronteiras dos Estados Unidos.

Na trama, os Lobisomens Guerreiros enviados por Mojo para capturar Rachel Summers, também conhecida como Fênix, perseguem a jovem até Londres, que calha de ser o local de nascimento do Excalibur, a mais nova superequipe mutante da Marvel! E pode esperar pelas aparições de ilustres personagens, como Fanático, Arcade e Courtney Ross, do Clube do Inferno! Em tempo: esta edição especial coleciona as revistas Excalibur 1-5 e Excalibur Special Edition: The Sword is Drawn.

 


Marvel divulga capas comemorativas

Por Bernardo Santana

Em outubro, comemorando o aniversário de cinquenta anos de seu universo de heróis, a Marvel Comics vai colocar nos pontos de vendas dos EUA uma série de capas alternativas comemorativas. Estas capas, que irão dar uma leitura nova a imagens icônicas da editora, serão produzidas por nomes consagrados do mercado, como Alan Davis (The Mighty Thor 7), Leinil Yu (X-Men 19) e Greg Horn (Deadpool 45).

A gente aqui trouxe uma pequena amostra dessas imagens. Para dar uma conferida em mais algumas delas, vá até o fim deste post.

X-Men 19, por Leinil Yu

X-Men 19, por Leinil Yu (clique para ampliar)

Deadpool 45, por Greg Horn

Deadpool 45, por Greg Horn (clique para ampliar)

The Mighty Thor 7, por Alan Davis

The Mighty Thor 7, por Alan Davis (clique para ampliar)

Para mais exemplos da iniciativa da Casa das Ideias, dê uma olhada aqui. A gente aguarda ansioso para ver o que mais vem por aí!


Brian Bendis, Alan Davis e a paz entre os vingadores [ATUALIZADO]

Por Bernardo Santana

Vingadores Primordiais

Vingadores Primordiais

Atenção a todos os leitores que não acompanham normalmente a revista Avante, Vingadores!: julho é o mês ideal para você começar a fazê-lo! Por quê? Bom, que tal ter o lendário desenhista Alan Davis se juntando a Brian Michael Bendis em uma minissérie em cinco edições publicada na íntegra em AV! 48 contando o que aconteceu logo após a conclusão de O Cerco?

É o que será mostrado em Vingadores Primordiais (lá fora, Avengers Prime), uma história que se localiza exatamente entre o final da míni O Cerco e o início da Era Heroica. Ou seja, é aqui que veremos como vão se acertar os três maiores vingadores — sim, eles mesmos, Thor, Capitão América e Homem de Ferro —, depois de meses e meses de eventos que acabaram os alienando uns dos outros. E claro, o resgate da amizade desses três heróis não vai vir sem muita ação, cortesia de dois dos nomes mais respeitados da indústria.

Avante, Vingadores! 48 terá 124 páginas. Em breve anunciaremos mais detalhes sobre a edição.

[Atualização feita em 14/07/2011: a estrutura de Avante, Vingadores! 48 foi alterada para 148 páginas – como é de praxe da revista -, com a inclusão da edição one-shot Iron Man: Golden Avenger.]


[SPOILER] Mais detalhes de Schism… com previews!

Por Bernardo Santana

Página de Adam Kubert para Schism 5

Página de Adam Kubert para Schism 5 (clique para ampliar)

O Editor Sênior da Marvel Comics, Nick Lowe, decidiu dar hoje aos fãs mais um gostinho da próxima grande saga mutante a estrear em breve lá fora (mais precisamente, em julho): Schism. E o melhor de tudo foi que Lowe também resolveu ser um bom rapaz e adiantar algumas páginas a lápis de edições futuras da história… páginas desenhadas por ninguém menos que Alan Davis e Adam Kubert!

O editor ainda aproveitou pra falar um pouco mais sobre o enredo, comentando uma revelação que pode ser vista nos sketches de Davis e vai alegrar os fãs do Universo-X… o retorno dos Sentinelas. “… O Sentinela mostrado é um bem diferente daqueles que já vimos. Não quero estragar nada, mas é uma criação de um vilão novo e invisível, que estreia em Schism.”

Ao que parece cada uma das edições da minissérie será desenhada por um artista de respeito e todas escritas por Jason Aaron, roteirista que vem fazendo barulho com seus bons trabalhos, tanto na Casa das Ideias (Wolverine), como na Vertigo (Escalpo). Os nomes já revelados: Carlos Pachecho (1), Frank Cho (2), Alan Davis (4) e Adam Kubert (5).

Muito difícil um material que envolve esses nomes ser menos que espetacular, hein?

Página de Alan Davis para Schism 4

Página de Alan Davis para Schism 4 (clique para ampliar)

Página de Alan Davis para Schism 4 II

Página de Alan Davis para Schism 4 II (clique para ampliar)