Noite de autógrafos com Fábio Moon e Gabriel Bá

Por Bernardo Santana

Daytripper

Daytripper (clique para ampliar)

Rola amanhã a partir das 19h na Saraiva MegaStore do Shopping Ibirapuera, em São Paulo capital, uma noite de autógrafos com dois dos maiores quadrinistas brasileiros da atualidade: os paulistas Fábio Moon e Gabriel Bá, autores do clássico instantâneo das HQs Daytripper.

O evento marca o mês de lançamento no Brasil da obra, publicada aqui em um único volume encadernado pela Panini Books. O lançamento oficial ocorreu na Bineal do Rio deste ano com a presença dos criadores, mas os gêmeos ainda não tinham tido a oportunidade de atender os fãs em sua cidade natal.

O próprio Fábio Moon escreveu sobre a festa: “…estaremos na Livraria Saraiva do Shopping Ibirapuera no coquetel/festa/lançamento do Daytripper, assinando todos os livros que nos trouxerem, comemorando com vocês esse dia tão especial. Para uma história que discute os dias especiais da vida de um personagem, a presença dos leitores é essencial para ajudar a tornar o dia do lançamento o dia inesquecível que ele deve ser. Esperamos vocês lá.”

Pra quem ainda não conhece, Daytripper mostra alguns dos maiores dias na vida do aspirante a escritor Brás de Olivas Domingos, em uma narrativa construída de maneira bem pouco usual, mas sempre lírica e carregada de beleza. Não à toa, a obra venceu prêmios mundialmente consagrados como o Eisner, o Harvey e o Eagle Awards.


Gabriel Bá e Fábio Moon em sessão de autógrafos amanhã, na bienal do rio!

Por Bernardo Santana

Daytripper!

Daytripper! (clique para ampliar)

Amanhã, dia 3 de setembro, às 15h, os gêmeos paulistanos Gabriel Bá e Fábio Moon (pra quem não conhece, os quadrinistas brasileiros mais prestigiados do momento no mercado estadunidense) farão uma sessão de autógrafos no stand da Panini na XV Bienal do Livro, que acontece no Rio de Janeiro de 1° a 11 de setembro, no Riocentro.

A sessão marca o lançamento oficial pela Panini Books do encadernado de Daytripper no Brasil, série criada pela dupla que saiu lá fora em 10 edições no ano passado e se tornou um dos maiores sucessos recentes de venda e crítica do selo Vertigo. Pra se ter dimensão de quão bem-sucedida a obra de Bá e Moon foi, chegou a alcançar o primeiro lugar na lista de coletâneas em quadrinhos mais vendidas feita pelo prestigiado The New York Times.

E não é a toa que Daytripper alcançou esse reconhecimento, já que a lírica história dos grandes momentos da(s) vida(s) do aspirante a escritor Brás de Oliva Domingos é sem dúvida um dos pontos altos de toda carreira dos dois.

Não deixe de comparecer lá pra comprimentá-los!


Indicados ao Harvey Awards divulgados!

Por Bernardo Santana

Harvey Kurtzman

Harvey Kurtzman (clique para ampliar)

Foram divulgados hoje os indicados ao prestigiado Harvey Awards deste ano. Apesar de não ser tão famoso quanto seu primo mais rico — o Eisner Awards — o Harvey (batizado em homenagem ao lendário quadrinhista Harvey Kurtzman) é o único dos grandes prêmios da indústria estadunidense no qual os premiados são escolhidos exclusivamente por seus pares. Ou seja, outros desenhistas, roteiristas, arte-finalistas etc.

Este ano, a cerimônia de entrega dos prêmios deve acontecer em 20 de agosto e, como sempre, será durante a convenção Baltimore Comic-Con.

Confira as várias indicações deste ano conseguidas pela Marvel e DC em alguns dos principais prêmios [e para ver todos os indicados, clique aqui!]:

Melhor arte-finalista:
– Gabriel Hardman, por Agents of Atlas (Marvel)
– Mark Morales, por Thor (Marvel)

Melhor antologia:
– Strange Tales, Volume II 1, editada por Jody Leheup (Marvel)

Melhor roteirista:
– Roger Langridge, por Thor: The Mighty Avenger, (Marvel)

Melhor colorista:
– Jose Villarrubia, por Cuba: My Revolution (Vertigo/DC)
– Laura Martin, por The Stand (Marvel)

Melhor nova série:
– American Vampire, por Scott Snyder, Stephen King e Rafael Albuquerque (Vertigo/DC)
– Thor: The Mighty Avenger, por Roger Langridge e Chris Samnee (Marvel)

Talento promissor do ano:
– Scott Snyder, por American Vampire (Vertigo/DC)
– Chris Samnee, por Thor: The Mighty Avenger (Marvel)

Melhor projeto de reimpressão:
– Superman Vs. Muhammad Ali, por Neal Adams e Dennis O’Neil (DC)

Melhor capista:
– Frank Quitely, por Batman & Robin (DC)
– Marcos Martin, por Amazing Spider-Man (Marvel)

Melhor série regular ou limitada:
– Daytripper, por Fábio Moon e Gabriel Bá (Vertigo/DC)
– Fantastic Four, por Jonathan Hickman e Dale Eaglesham (Marvel)

Melhor artista:
– Dean Haspiel, por Cuba, My Revolution (Vertigo/DC)
– Chris Samnee, por Thor: The Mighty Avenger (Marvel)

Melhor cartunista:
– Jeff Lemire, por Sweet Tooth (Vertigo/DC)

Melhor edição ou história única:
– Daytripper, por Fábio Moon e Gabriel Bá (Vertigo/DC)