As Aves de Rapina aterrissam em junho

Por Bernardo Santana

CapaÉ isso mesmo, afoito leitor: um dos títulos mais pedidos em nossos fóruns e sites está bem perto de ver a luz do dia aqui no Brasil — mais precisamente a partir da edição de junho da revista mensal Universo DC!

Comandado pela roteirista Gail Simone (Mulher-Maravilha) e pelo desenhista brasileiro Ed Benes (A Noite Mais Densa: Titãs), a nova fase de Aves de Rapina por aqui é na verdade o resgate de uma equipe de heroínas, um título e um time criativo que fez muito sucesso na década passada — tanto aqui quanto nos EUA —, quando Simone e Benes (este por menos tempo) foram responsáveis pelas histórias.

Segundo as declarações da roteirista quando do relançamento de Birds of Prey lá fora, as histórias partirão mais ou menos do ponto onde pararam, apesar da mudança do grupo de volta para Gotham City — sua base de operações original, que mais tarde foi trocada por Metrópolis.

Outra mudança na encarnação 2011 do grupo formado por Oráculo, Caçadora, Canário Negro e Lady Falcão Negro é a adição de mais dois integrantes conhecidos dos fãs da DC, mas que não revelaremos aqui, claro (se ainda não sabe quem são, tente adivinhar olhando a capa da primeira edição na imagem deste post. Clique nela para aumentar).

Agora é só esperar junho chegar… Ou voltar aqui amanhã para mais boas novas!


Lois Lane na boca do povo

Por Bernardo Santana

Lois Lane, pô...Começou como um simples post no twitter no início da semana passada, escrito por uma fã londrina da eterna repórter do Planeta Diário “exigindo” uma série própria pra Lois Lane. E não é que, ao longo dos dias, os próprios profissionais da indústria foram abraçando a ideia mais e mais?!

Gente como Gail Simone (Mulher-Maravilha), Greg Rucka (Batwoman) e Sterling Gates (Supergirl), Phil Jimenez (arte em Crise Infinita) e Jamal Igle (arte em Supergirl), aliás, até mesmo já se convocaram para o pretenso futuro título, caso ele venha mesmo a acontecer um dia.

Sobre a hashtag que correu o twitter (#LoisLaneSeries, pra quem quiser se juntar à campanha), a conta oficial da DC Comics na rede social até que deu motivos para alguma esperança: “Gratos pelo apoio de vocês a uma eventual #LoisLaneSeries – faremos que o pessoal do editorial da DC saiba dessa vontade de vocês.”

Lois já até teve um título próprio, que durou cerca de respeitáveis 16 anos nas prateleiras. Vamos ver se após essa notável movimentação de fãs e criadores, ela não é premiada mais uma vez!