Os grandes encontros da Arlequina

Uma Arlequina incomoda muita gente...

Uma Arlequina incomoda muita gente…

Como se um título mensal de pura insanidade e humor negro já não fosse suficiente, a amada e amalucada Arlequina ganha em julho uma edição especial encadernada, reunindo os três primeiros números da revista bimestral gringa Harley’s Little Black Book.

A Agenda Secreta da Arlequina 1 (formato americano, 124 páginas, capa couché, miolo LWC, preço a anunciar) traz os encontros da dra. Harleen Quinzel com três grandes figuras do Universo DC: Mulher-Maravilha, o lanterna verde Hal Jordan e Zatanna — nenhuma delas particularmente empolgadas com sua nova “parceira de aventuras”… Coloque na receita ainda um plano de assassinato, anéis energéticos únicos e casas assombradas, e pode esperar um nível todo novo de loucura!

Os roteiros da dupla Amanda Conner e Jimmy Palmiotti seguem o estilo caótico e histérico já tradicional de seus trabalhos anteriores com a anti-heroína, e a arte fica por conta de talentosos criadores, como a própria Conner, John Timms (Inumanos), Mauricet (A Gangue da Arlequina) e Josephe Michael Linsner (Conan).


Jim Starlin renova Stormwatch em março

Um novo Stormwatch!

Um novo Stormwatch! (clique para ampliar)

Os fãs do Stormwatch, que andavam sorumbáticos desde o fim da revista Edge, já podem voltar a sorrir: chega às bancas em março o especial encadernado Stormwatch, que dá início à fase da equipe escrita por ninguém menos que o lendário roteirista/desenhista Jim Starlin!

Iniciada no primeiro semestre do ano passado nos EUA, a passagem de Jim Starlin pelo título provou-se uma feliz e completa reforma. O criador — conhecido por seus épicos cósmicos tanto na Marvel quanto na DC — recebeu carta branca da Editora das Lendas para reiniciar totalmente a história da poderosa equipe… e foi exatamente o que ele fez! Da primeira encarnação do grupo nos Novos 52, só mesmo Apolo, Meia-Noite e Engenheira continuam no time. Ou seja, o encadernado é um excelente ponto de partida para quem não conhece o Stormwatch! Para melhorar ainda mais, a edição traz a participação do inigualável alienígena Lobo e uma história completa escrita pela dupla Jimmy Palmiotti e Justin Gray (de Jonah Hex) sobre uma antiga formação da equipe no Velho-Oeste.

Stormwatch tem em seu mix as edições originais Stormwatch 19 a 23 e as histórias back-up de All-Star Western 17-21. O especial chega às bancas com 156 páginas, lombada quadrada, capa couché, papel Pisa brite e a R$ 16,90.


Gotham, corujas… e Jonah Hex!

Jonah Hex de volta ao batente

Jonah Hex de volta ao batente (clique para ampliar)

Sim, ele está de volta! O pistoleiro mais desfigurado de todo Universo DC — agora completamente integrado à continuidade da editora — volta muito em breve às bancas no especial encadernado Grandes Astros do Faroeste 2, que dá continuidade à sua elogiada série pós-Novos 52.

Nesta edição, Jonah Hex se unirá aos justiceiros mascarados Falcão da Noite e Cinnamon para desbaratar uma enigmática organização criminosa da Gotham City do final do século 19; uma cruel sociedade secreta que ainda nos dias atuais dá trabalho aos defensores da metrópole: a Corte das Corujas!

As rédeas da edição (que inclui as originais All-Star Western 7 a 12) ficam nas mãos da mesma equipe criativa do encadernado anterior, com a dupla Jimmy Palmiotti e Justin Gray nos roteiros e Moritat tomando conta da arte. O especial ainda inclui as histórias secundárias publicadas em All-Star Western estrelando personagens clássicos da editora, como os supracitados Falcão da Noite e Cinnamon, Bat Lash e Terrence 13.

Grandes Astros do Faroeste 2 (180 páginas, capa cartão,  papel LWC, preço a anunciar) chega às bancas do país no final de fevereiro.


Hex vai a Gotham

Bem-vindo a Gotham City, Jonah Hex

Bem-vindo a Gotham City, Jonah Hex (clique para ampliar)

Por Bernardo Santana

Agora é oficial e tem mês para chegar! Em agosto, sai pela Panini Comics a edição especial encadernada Grandes Astros do Faroeste (formato americano, capa cartão, lombada quadrada, 180 páginas, papel LWC, R$ 21,00), trazendo as seis primeiras edições do título estadunidense All-Star Western, estrelado por ninguem menos que… Jonah Hex!

A trama do especial introduz o caçador de recompensas mais temido do Velho Oeste DC Comics no contexto dos Novos 52, entrelaçando sua trajetória — passada no final do século 19 — aos eventos atuais do UDC, particularmente os que ocorrem no batverso. Aliás, uma das maiores estrelas do especial é a cidade de Gotham City, mostrada em toda sua opulência e perigo no excelente traço do desenhista Moritat (codinome de Justin Norman).

Além das aventuras de Jonah Hex, o especial também vai incluir as histórias secundárias publicadas em All-Star Western lá fora estreladas por El Diablo (arte de Jordi Bernet) e Espírito Bárbaro (arte de Phil Winslade). Os roteiros são todos da elogiada dupla Justin Gray e Jimmy Palmiotti, que vinha escrevendo — com muito sucesso — as tramas de Hex antes do reboot da DC.


Hex, mais uma vez!

Por Bernardo Santana

Jonah Hex, o bom garoto

Jonah Hex, o bom garoto (clique para ampliar),0

Balas Não Mentem (formato americano, papel LWC, capa cartão, 148 páginas, R$ 16,90) é o nome do sexto encadernado do cowboy mais feio e casca-grossa do Velho Oeste, previsto para sair por aqui pela Panini Comics em março.

Nesse especial, Hex se junta a uma posse, em uma caçada impiedosa por uma gangue de assassinos. E, para aumentar ainda mais o caráter espetacular — e por que não, lendário!? — desse encadernado, a história que finalmente revela o porquê do caçador de recompensas ainda usar seu uniforme confederado, mesmo anos após o final da Guerra de Secessão dos EUA.

Como foi tradição durante toda a publicação da bem-sucedida série pré-reboot do fora da lei, um time de ilustradores acima de qualquer suspeita fazem companhia aos roteiristas Justin Gray e Jimmy Palmiotti também nesse encadernado. Olha só a “listinha”: Darwyn Cooke, J.H. Williams III, Jordi Bernet, Rafa Garres, Paulo Siqueira e Mark Sparacio.

Balas Não Mentem reúne as edições estadunidenses Jonah Hex 31 a 36. E tenho dito!


Cinco vezes Hex!

Por Bernardo Santana

Jonah Hex vem aí...

Jonah Hex vem aí... (clique para ampliar)

Sim, ele está de volta mais uma vez, caçando e fuzilando sem piedade os prognóticos mais pessimistas — em outubro, chega às bancas e comic shops do Brasil Jonah Hex vol.5: Falta de Sorte.

Dando continuidade à publicação da elogiada série mensal do personagem idealizada e escrita pela dupla Justin Gray e Jimmy Palmiotti, Falta de Sorte incluirá as edições 25-30 de Jonah Hex vol. 2 em 148 páginas de quadrinhos e com acabamento igual aos volumes anteriores (lombada quadrada, papel LWC e capa cartão).

Nesse volume, o leitor vai ser apresentado a um possível herdeiro de Jonah e a perigosas assassinas seriais, além de testemunhar um retorno a um local bastante conhecido por Hex  e o massacre de uma cidade inteira. E o melhor, sempre com arte de colaboradores de peso, como Jordi Bernet, Rafa Garres e Giuseppe Camuncoli.

Alguém aí disse “garanta a sua”?