Adeus e muito obrigado, Stan!

Heróis são para sempre!
Heróis são para sempre!

O mundo das histórias em quadrinhos amanheceu bem mais triste hoje. Stanley Martin Lieber, o lendário criador do Homem-Aranha, Thor, X-Men, Homem de Ferro, Quarteto Fantástico e tantos outros personagens que amamos, faleceu ontem, dia 12 de novembro de 2018, aos 95 anos, vítima de pneumonia.

Stan Lee era uma daquelas personalidades cuja simples menção já nos levava imediatamente a relacioná-lo com toda sua extensa obra enquanto criador, escritor e editor. Pelo menos, pra quem curte HQs.

Nos últimos tempos, porém, graças ao sucesso dos longas-metragens estrelados pelos heróis Marvel, o rosto de Stan passou a ser conhecido pelo grande público como o “do velhinho boa praça que faz pontas em todos os filmes produzidos pelos Estúdios Marvel”. Dez anos foram o bastante para eternizar sua imagem em nossas lembranças, mas seu talento estava ao nosso dispor há aproximadamente oitenta.

Pelo modo como a mídia especializada (e também a geral) vem noticiando a morte de Lee, e conforme os fãs, astros e profissionais da indústria vêm prestando suas homenagens, é fabuloso perceber como ele era querido. E é mais fabuloso ainda descobrir que muitas dessas homenagens ainda lhe foram prestadas em vida.

Me sinto privilegiado por, há oito anos, trabalhar diariamente com as criações desse grande mestre das histórias em quadrinhos. O que pra mim era um simples hobby, da época de criança e adolescência, se transformou em profissão. E mesmo tendo se passado tanto tempo, nunca paro de me maravilhar com seu legado.

Os personagens de Stan me ensinaram a conviver com as diferenças; a respeitar o próximo; a usar os poderes com responsabilidade e entender o verdadeiro significado da palavra humanidade. São ideais que moldam o caráter à medida que você cresce.

Numa realidade tão conturbada e controversa como a que estamos vivendo, quando o bom senso saiu de moda, a criatividade nos escapa e a necessidade de muitos é ofuscada pela ganância de poucos, as mensagens, a inspiração e o otimismo dos personagens criados por Stan Lee continuam a representar um frescor inigualável.

Muito obrigado, meu chapa! Descanse em paz.


Confronto de titãs!

Vingadores vs. X-Men vs. Quarteto Fantástico

Vingadores vs. X-Men vs. Quarteto Fantástico

Não foram poucas as vezes em que os heróis da Marvel se envolveram em conflitos uns contra os outros. E pra não deixar a oportunidade passar, logo mais chega às bancas  e livrarias um lançamento da Panini que traz um dos encontros mais memoráveis da história da Casa das Ideias: Vingadores vs. X-Men vs. Quarteto Fantástico.

Levado a julgamento, Magneto vai precisar de toda ajuda possível – e ele a encontrará nos restos de sua antiga fortaleza, o Asteroide M! Os X-Men não sabem ao certo quais são os planos do Mestre do Magnetismo, mas têm certeza de que não querem que os Vingadores e os Supersoldados Soviéticos descubram antes deles! E assim estoura uma guerra entre as equipes, com os olhos do mundo sobre todas as três.

E também, prestes a se desintegrar, Kitty Pryde parece resignada com seu destino, mas os X-Men farão qualquer coisa para salvá-la, até mesmo barganhar com um destino pior… o Doutor Destino! Que segredos chocantes impedem o Quarteto Fantástico e seu líder de salvar a pátria no lugar de seu maior inimigo? Estará Reed Richards aterrorizado em falhar porque seu maior fracasso – o fatídico voo de foguete – pode ter sido na verdade seu maior sucesso? Será que todas as respostas estarão com a criança-prodígio Franklin Richards?

Vingadores vs. X-Men vs. Quarteto Fantástico, 252 páginas, capa cartão, miolo LWC, R$ 26,90, reúne as revistas X-Men vs. Avengers 1-4, Fantastic Four vs. The X-Men 1-4, X-Men 9 e Fantastic Four 28, que apresentam histórias de Roger Stern, Tom DeFalco, Chris Claremont e Stan Lee,  e desenhos de Marc Silvestri, Keith Pollard, Jon Bogdanove e Jack Kirby. 

 

 

 


As aventuras de um menino genial

Franklin Richards: aprontando tudo e mais um pouco!

Franklin Richards: aprontando tudo e mais um pouco!

Já está disponível em bancas e livrarias um lançamento que tem tudo para agradar adultos e crianças: Franklin Richards: Filho de um Gênio, capa dura, formato 14,6 cm x 22,5 cm papel couché, 220 páginas, R$ 26,90.

Pra quem não sabe, Franklin é filho de Reed Richards e Susan Storm, do Quarteto Fantástico, que neste volume da Panini aparece aprontando poucas e boas ao lado (e muito a contragosto) do robô HERBIE – uma criação de seu pai para ajudar o pequeno com a lição de casa e outras tarefas diárias. Só que a “genialidade” e a imaginação de Franklin sempre falam mais alto e, por isso, colocam ambos em enrascadas monumentais.

Com roteiros e desenhos de Marc Sumerak e Chris Eliopoulos, o título traz uma coletânea de histórias curtas e engraçadíssimas. Sem dúvida, uma grande oportunidade para leitores mais descompromissados e divertimento certo para todos!

A edição nacional reúne as seguintes histórias originais: Franklin Richards Son of a Genius, Everybody Loves Franklin, Super Summer Spectacular, Happy Franksgiving, March Madness, World be Warned, Monster Mash e Fall Football Fiasco. 

 

 

 


Quarteto Fantástico 1234

Capa de Quarteto Fantástico 1234

Capa de Quarteto Fantástico 1234 (clique para ampliar)

No início dos anos 2000, o prestigiado escritor Grant Morrison (Batman: Asilo Arkham, Grandes Astros Superman) pegou a Família Fundamental da Marvel e a virou do avesso em uma minissérie inesquecível lançada sob o selo Marvel Knights. Os quatro números desta mini fantástica chegam em breve às bancas num encadernado especialíssimo chamado Quarteto Fantástico 1234. 

Os integrantes da equipe se encontram num momento ruim de suas vidas como jamais visto nas HQs do supergrupo, com Ben Grimm reclamando de sua condição, Johnny Storm de saco cheio e Susan Storm frustrada por ter sido deixada de lado por seu marido, Reed Richards, que se trancou há horas em seu laboratório.

Prestes a romper, a família não sabe, porém, que um antigo vilão se aproveitará desse cenário melancólico para atacar com tudo, encabeçando um plano torpe que envolve outros inimigos dos heróis com poderes cósmicos. 

Ilustrada por Jae Lee (A Torre Negra, Inumanos), a história contida neste volume desconstrói por completo os personagens do Quarteto um a um, nitidamente fazendo o leitor entender que, às vezes,  ser um super-herói não é assim tão legal quanto pode parecer…

De quebra, a edição apresenta uma história curta estrelada por ninguém menos que Nick Fury, comandante da SHIELD, no único roteiro que Grant Morrison escreveu para o superespião em sua passagem pelo selo Marvel Knights.

Quarteto Fantástico 1234 tem preço sugerido de R$ 18,90, 124 páginas, capa cartão e miolo LWC!

 


Executivo da Fox fala sobre novos Demolidor e Quarteto Fantástico

Por Alexandre Callari

Tom Rothman, executivo dos Estúdios Fox, anunciou em uma recente entrevista que o estúdio pretende reiniciar as franquias do Demolidor e Quarteto Fantástico. Sobre o Homem Sem Medo, ele reitera o que já havia sido divulgado anteriormente:

“Demolidor ainda está nas mãos de David Slade. Está em desenvolvimento agora. Estou trabalhando nele e em Quarteto Fantástico. Acredito que o nível foi elevado para todos nós, então precisamos de metas mais altas agora. A Marvel fez um trabalho fantástico com seus filmes (…) Eu acho importante que realmente tenhamos metas altas e entreguemos uma experiência nível-A para o público”.

A Fox saiu de um grande sucesso recente com X-Men – First Class, que foi bastante aclamado pelo público e crítica, mas Rothman é cauteloso quanto aos mutantes. Ainda esperando qual será o resultado de Wolverine, o estúdio afirma que uma sequência dependerá de um bom roteiro.