A metamorfose do Stormwatch

Últimos momentos

Últimos momentos

Chega no mês que vem às bancas e comic shops o último encadernado da fase clássica de Stormwatch, roteirizada pelo malucão Warren Ellis. Para quem não sabe, muito do trabalho de Ellis no título (e no que veio logo depois dele) moldou como os super-heróis viriam a ser encarados e abordados nos anos vindouros.

Nessa fase de encerramento de Stormwatch — que na época ainda era editado pela editora WildStorm, mais tarde comprada pela DC —, vemos o “supergrupo especial para intervenção de crises das Nações Unidas” livre do jugo de seu maníaco ex-líder Henry Bendix. Agora com relativa liberdade para vigiar o planeta, seus integrantes, no entanto, continuam às voltas com escolhas morais bastante complexas. E, para piorar, tudo se complica e fica ainda mais estranho quando o grupo descobre uma Terra paralela à deles, que também tem o seu Stormwatch e versões alternativas de seus membros!

Um outro atrativo desse volume é a arte exuberante da dupla Bryan Hitch (desenhos) e Paul Neary (arte-final), que estrearam e desenvolveram no título o estilo cinematográfico-blockbuster mais tarde usado — e muito elogiado — em Authority (que não demora a sair!) e nos dois primeiros arcos de Os Supremos, da Marvel Comics.

Stormwatch vol. 4 chega às bancas em novembro com 172 páginas, capa cartão, miolo LWC, custando R$ 22,90.

 


Troca de Pauls em Stormwatch

Por Bernardo Santana

Stormwatch!

Stormwatch! (clique para ampliar)

A DC Comics anunciou hoje via seu blog oficial, The Source, mais uma mudança nas equipes criativas de seus títulos pós-reboot. Desta vez, a revista Stormwatch é a bola da vez, tendo seu atual roteirista Paul Cornell (Wisdom, Action Comics) substituído por Paul Jenkins (Hellblazer, Inumanos).

A estadia de Jenkins, no entanto, só deve durar dois meses – edições 7 e 8 da revista – e nada foi dito sobre quem assume depois ou sobre o que vai acontecer com o ilustrador atual do título, o mexicano Miguel Sepulveda (Invasão Secreta: X-Men).

Segundo a curta sinopse da história de Cornell liberada, o roteirista vai colocar a equipe, uma vez parte do universo Wildstorm, contra adversários de outra dimensão que pretendem roubar a gravidade da Terra.

A notícia também chamou atenção da mídia especializada lá fora porque Stormwatch supostamente pode ser o título escolhido pela DC para detalhar melhor quem é e o que quer a figura encapuzada misteriosa que aparece em Ponto de Ignição e em todas as edições número 1 do reboot. Que tratem muito bem dele, então!